(47) 3041-2326 / 99956-2326 contato@adamtecnologia.com

Acordos em Santa Catarina

Acordos em Santa Catarina

30 ago, 2017 | Adam, Adam Sistemas, AdamNews, Arbitragem, Conciliação, Mediação, Notícias | 0 Comentários

O novo Código do Processo Civil ampliou consideravelmente o incentivo ao uso da mediação, conciliação e arbitragem para resolver conflitos e auxiliar na diminuição das demandas judiciais em todo o país. Com a publicação da lei de mediação e a edição da lei de arbitragem, houve um crescimento exponencial no número de câmaras criadas em todo o Brasil. É preciso agora um olhar mais atento às universidades para que o espaço acadêmico também seja um espaço de construção de uma visão menos judicializada dos conflitos.
Mas para sair do modelo judicial para o extrajudicial e incluir a arbitragem é preciso incentivo de todas as partes que defendem os MASCs (Métodos Adequados de Solução de Conflitos). Usados por pessoas físicas e empresas, os conflitos sempre irão existir. Mas, em pouco tempo, as pessoas irão perceber que é através da conciliação, mediação e arbitragem que podem decidir como querem resolver o problema. Para atender a esta demanda, serão necessárias várias instituições e profissionais qualificados.
Há 15 anos a Fecema (Federação Catarinense das Entidades de Mediação e Arbitragem) atua em Santa Catarina na defesa da desjudicialização e da resolução de conflitos de forma mais amigável e eficaz. O cidadão ou a empresa que opta por algum destes métodos ganha mais agilidade na resolução dos conflitos, evita um desgaste judicial e têm sigilo absoluto nos seus procedimentos.
Para que o mercado amadureça cada vez mais sólido, as boas práticas e a qualificação profissional devem ser priorizadas. Eventos como o Seminário de Conciliação, Mediação e Arbitragem de Santa Catarina, que será realizado em Brusque em setembro e que reúne especialistas do país inteiro, servem como boa oportunidade de investir em especialização – característica fundamental neste meio. Precisamos de mais iniciativas assim para evitar a crescente judicialização dos conflitos na sociedade brasileira.
Por Roberto Adam, Presidente da Fecema – Federação Catarinense das Entidades de Mediação e Arbitragem
Fonte: NDOnline – 30/08/2017 09:08
AdamNews – Divulgação exclusiva de notícias para clientes e parceiros!

0 comentários

Usamos cookies para garantir uma melhor experiência em nosso site. Leia nossa Política de Privacidade.
Você aceita?

Configurações de Cookie

A seguir, você pode escolher quais tipos de cookies permitem neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FuncionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalíticoNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de a.o. a usabilidade.

Mídia SocialNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

PublicidadeNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OutrosNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços de terceiros que não são analíticos, mídia social ou publicidade.